Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

dedd0400-6537-443d-9aaa-7f6c33381e7a
No comando: Boi na Faixa

Das 06:00 as 08:00

indice
No comando: ACORDA SERTÃO

Das 06:00 as 08:00

rosario
No comando: Terço dos Homens

Das 06:10 as 06:40

5-rc-frame-espiritismo2-600x338
No comando: Momentos de Luz

Das 07:00 as 07:30

whatsapp-image-2017-03-04-at-08-17-23
No comando: A vida em foco

Das 08:00 as 08:30

14907651_1719202768401791_9025195041494285007_n
No comando: Bom Dia Comunidade

Das 08:00 as 09:00

pastoral
No comando: Viva a vida

Das 08:30 as 09:30

radar
No comando: RADAR 87

Das 09:00 as 11:00

whatsapp-image-2017-03-04-at-09-34-19
No comando: Semeando a paz

Das 09:30 as 10:00

20170219_104237
No comando: Cotidiano

Das 10:00 as 11:00

nilton-show
No comando: Sábado Show

Das 10:00 as 12:00

12494987_1545470709108332_3888770930482882706_n
No comando: Bom dia Velho Chico

Das 11:00 as 11:30

logo-alcoolicos-anonimos
No comando: A.A Alcoólicos Anônimos

Das 11:00 as 12:00

No comando: Nossa Terra Nossa Gente

Das 11:00 as 12:00

original
No comando: Programação Livre

Das 11:00 as 12:00

am6212
No comando: Momento do Rei

Das 12:00 as 13:00

indice
No comando: Top Hits

Das 12:00 as 14:00

No comando: Programa O Poder de Cristo

Das 13:00 as 13:30

indice
No comando: Programa Manancial de vida

Das 13:00 as 13:30

maxresdefault
No comando: Programa Show da Fé

Das 13:00 as 13:30

No comando: Programa Palavra profética

Das 13:30 as 14:00

11951887_857546370996923_4142759527543790683_n
No comando: Sabadão Pop

Das 14:00 as 16:00

14522881_1694172120904856_8712305315181736338_n
No comando: No Terreiro da Fazenda

Das 14:00 as 16:00

14522881_1694172120904856_8712305315181736338_n
No comando: Viola minha viola

Das 14:00 as 16:00

bonner-vem-forrozear
No comando: Vem Forrozear

Das 16:00 as 18:00

alessandro
No comando: Interligados

Das 16:00 as 18:00

biblia
No comando: O Evangelho nos fala Hoje

Das 18:00 as 18:15

19748736_1562060540512899_178951954219781970_n
No comando: Conexão Jamaica

Das 18:00 as 20:00

hora-de-correr-lindos-exemplos-de-sites-de-esporte-00
No comando: ZABELÊ ESPORTE

Das 18:15 as 19:00

blog-617
No comando: A Voz do Brazil

Das 19:00 as 20:00

11951887_857546370996923_4142759527543790683_n
No comando: Sedução Musical

Das 20:00 as 21:00

pm
No comando: Programação Livre

Das 21:00 as 00:00

18950996_232085077289850_2633105377314549193_n
No comando: Gospel Hits

Das 21:00 as 22:00

fabiano-e-geisa
No comando: Alternativo

Das 21:00 as 22:00

tovinho-regis
No comando: Blues da Zabelê

Das 21:00 as 23:00

Nova seca já atinge mais de 300 mil no Nordeste

Compartilhe:
seca-1

Os indícios de que a seca está implacável é denunciada pela terra rachada. A falta d’água nos reservatórios e a previsão de poucas chuvas agravam o problema. O último mês foi ainda mais crítico. Monitoramento da Agência Nacional de Águas (ANA) mostra que a seca moderada, nível intermediário do problema, aumentou 246% entre maio e junho. São mais de 328 mil pessoas vivendo em áreas extremas e severas, onde as intempéries do tempo são ainda mais duras. Nesta semana, reunião definirá decisões estratégicas, com referência à gestão de reservatórios de água para o abastecimento e para geração de energia.

Sem o avanço de frentes frias, a tendência ainda é de chuvas raras e concentradas nas áreas litorâneas. Os reservatórios estão em  baixa. Dos 521 aquíferos do Nordeste, quase a metade (214) está abaixo de 30% da capacidade, segundo a ANA. O temor de especialistas é de que estiagem semelhante à que castigou o semiárido brasileiro entre 2012 e 2017, considerada a pior da história pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), volte a afetar os nordestinos.

O Maranhão e o Piauí são os que mais tiveram áreas afetadas pela seca. Na região central do Maranhão, por exemplo, a estiagem varia entre nove a 15 meses. No Ceará, mais 26 municípios tiveram situação de emergência decretada pelo Ministério da Integração Nacional.

Agora são 66 cidades nesta situação. Em todo o país, o número de cidades em estado de emergência ultrapassa 800. Nos próximos seis meses, as prefeituras podem pedir apoio ao governo federal para ações emergenciais. Em alguns locais, além do abastecimento de água potável por caminhão-pipa, houve distribuição de comida e famílias foram retiradas de áreas de risco.

O secretário dos Recursos Hídricos do Ceará, Francisco José Coelho Teixeira, lamenta os impactos da seca na área rural e na urbana. “Temos água na torneira, mas tememos o colapso do abastecimento urbano. Fazemos o controle da oferta e da demanda. É mais do que um racionamento, é conscientização. Quem usa mais água acima da meta paga multa. Do ponto de vista da agricultura, é preciso buscar outras formas para produzir com menos água”, pondera.O meteorologista Manoel Rangel, do Inmet, explica a tendência climática para a região. “Está chovendo menos do que era esperado. Do Maranhão até a Bahia, todo dia têm pancadas, mas são fracas. As precipitações estão e vão permanecer abaixo da média. Uma massa de ar seco que está predominando em 85% do país impede a formação de nuvens”, detalha. A situação pode degringolar ainda mais. “Ainda não está definido, mas existe a possibilidade.”
Fonte: Portal 60Graus.com

Deixe seu comentário: